Entenda a importância da transformação digital

Entenda a importância da transformação digital


Os avanços associados com a internet possuem um impacto evidente no mercado, uma vez que orientam majoritariamente o progresso das empresas. Diversos recursos são explorados em prol de melhorias e neste cenário, é possível observar desde o marketing digital até a implantação de softwares para auxiliar na gestão.





Desta maneira, pode-se dizer que a transformação digital vai além de automatizar ou implantar puramente meios digitais, pois modificações estruturais significativas são realizadas nas corporações e exigem muito de cada área.





Por exemplo, se uma empresa que atua com o fornecimento de estrutura metálica para galpão e deseja alcançar resultados melhores por meio de recursos digitais, é preciso encarar tais meios como estratégias e ir além do superficial.





Ao observar o panorama geral, com os recursos certos é possível aprimorar processos comos os seguintes:





  • Automação de atividades;
  • Controle de desempenho;
  • Maior alcance de clientes qualificados;
  • Decisões mais seguras;
  • Integração de áreas.




Soluções para alcançar tais benefícios serão apresentas no decorrer do texto, assim como alguns dos principais obstáculos enfrentados pelas empresas.





A relação do marketing com a transformação digital





Há uma mudança evidente de comportamento do consumidor, que apresenta um certo empoderamento na jornada de compra ao se deparar com maior praticidade para encontrar os produtos e serviços. 





Com o volume de informações e a popularização de canais digitais, assim como lojas virtuais, conhecidas como e-commerce, a exigência também é elevada, o que faz com que as empresas também se preocupem com a experiência dos consumidores de forma mais assídua.





As dúvidas a respeito de como se destacar com as transformações digitais são comuns e nesse contexto, o marketing digital tem um papel de grande importância.





Há diversas estratégias, como o marketing de conteúdo e as técnicas SEO (Search Engine Optimization). A primeira alternativa atende a premissa de desenvolver conteúdos relevantes para atrair e envolver o público-alvo da empresa.





A venda é uma consequência do processos, pois os materiais visam levar soluções para os clientes em potencial e estimulá-los pela jornada de compra. Entre os canais que podem ser utilizados para a elaboração do marketing de conteúdo pode-se adotar opções como blogs e sites.





Trata-se de uma forma de estabelecer uma comunicação que não seja apenas direcionada para as pessoas certas, como também no formato e momento mais adequado.





Já as técnicas SEO são ideais para otimizar os sites, blogs e outras páginas das empresas para os mecanismos de busca, contribuindo com um melhor posicionamento.





São táticas cruciais para o rankeamento, pois os conteúdos são indexados por crawlers, componentes dos mecanismos de busca que detectam apenas textos e códigos. E é válido citar que é muito comum os profissionais aplicarem outras estratégias para aprimorar os resultados obtidos.





Tendo-se como exemplo, um profissional que atua na área de marketing em uma empresa que confecciona calças de uniformes profissionais  e busca maneiras de ressaltar o valor dos produtos, o design thinking, uma estratégia muito usada nessa transformação digital, surge como uma das soluções.





Se por um lado o marketing digital contribui com um direcionamento preciso das pessoas nas mais variadas plataformas, o design thinking corresponde com a criação de propostas mais inovadoras e de qualidade. 





Basicamente, o processo de design thinking corresponde a etapa de entendimento do cenário, testes até a aplicação da solução de forma colaborativa e empática, além da valorização da experimentação.





Desse modo, no marketing digital esse conceito pode ser aplicado para contribuir com uma produção mais funcional e assertiva para o público alvo, que acaba contando com experiências mais marcantes, assim como equipes mais colaborativas podem ser estimuladas nas empresas.





Como a gestão é aprimorada com softwares?





A transformação digital também apresenta diversas alternativas que contribuem com a gestão das empresas, tornando-se uma grande aliada dos profissionais nas mais variadas áreas.





Por exemplo, se um e-commerce que atua com produtos como máquina de fliperama identifica a necessidade de aprimorar o relacionamento com o cliente, é possível recorrer a um software específico para essa finalidade.





Um recurso de grande visibilidade nesse cenário recebe o nome de CRM (Customer Relationship Management) e a solução proporcionada para a relação com o cliente apresenta grandes benefícios devido a priorização de uma experiência positiva e fidelização.





Basicamente, a utilização desse tipo de ferramenta é essencial para atender o cadastro de clientes e armazenamento de informações, tais como:





  • Histórico de compras do consumidor;
  • Dados de contato;
  • Interações com o cliente;
  • Desempenho de cada área.




Desta forma, é possível contar com a centralização de informações, que consequentemente, contribui com decisões mais ágeis, produtividade e com o monitoramento de fatores distintos de forma mais prática.





Há uma série de softwares que podem ser implementados de acordo com as necessidades de cada negócio, inclusive opções que viabilizam a integração de setores variados, como o controle de caixa e estoque.





O suporte profissional é decisivo nesse contexto, não só para a gestão. Por essa razão, recorrer a uma empresa de automação comercial pode ser uma escolha favorável para diversos empreendimentos, especialmente para selecionar softwares que realmente contribuam com as demandas.





Quais são os principais obstáculos?





Cada modificação nas empresas deve ser realizada de forma cautelosa para evitar prejuízos e embora existam distinções entre os dilemas enfrentados, os mais comuns são:





1) Foco





As inovações digitais exigem um grande foco por parte dos empreendedores, principalmente para que os investimentos não sejam realizados apenas com a premissa para atender a necessidade de novos recursos, mas de aprimorar de fato processos corporativos.





Por exemplo, quando um consumidor busca por um tapete de grama preço, uma série de fatores têm impacto em sua decisão de compra, não apenas os avanços da empresa perante a era digital.





Sendo assim, também trata-se de uma questão de cultura organizacional e desde a administração até o atendimento ao consumidor, é preciso prezar por recursos compatíveis com a empresa.





2) Administrar o volume de dados





Um grande volume de dados já era uma realidade das empresas antes mesmo da inserção de recursos digitais, porém, com as transformações, outros aspectos exigem atenção, como a jornada de compra, determinadas métricas, mídias sociais e muito mais.





De qualquer maneira, conforme abordado anteriormente, é possível apostar em softwares que contribuam com a gestão, principalmente no que diz respeito ao armazenamento e devida organização de informações.





3) Investir no desenvolvimento das pessoas





Há diferentes casos em que o investir no desenvolvimento das pessoas é ainda mais necessário, por exemplo, se uma empresa que instala redes de proteção adota recursos digitais em sua forma de atendimento, naturalmente é preciso garantir que os colaboradores estejam devidamente preparados para a utilização.





Além desse caso, uma vez que os meios digitais são incorporados de forma estratégica, apostar no desenvolvimento das pessoas que compõem a corporação é imprescindível para alcançar bons resultados.





Isso deve-se ao fato de que gerenciar talentos, independentemente do número de ferramentas e ações voltadas para a digitalização, contribui com a cultura organizacional e o desenvolvimento como um todo.





4) Monitorar os resultados





Uma das grandes vantagens dos meios digitais é a possibilidade de mensurar os resultados de uma forma mais prática. Por exemplo, se uma  empresa de conservação e limpeza aposta em marketing digital, há uma série de métricas que podem ser analisadas de acordo com cada estratégia e objetivo.





O ROI (Retorno Sobre Investimento) é um dos indicadores amplamente analisados, pois é capaz de apresentar se houve de fato um retorno significativo ou não.





Naturalmente, os dados a serem coletados, não só no marketing digital, como em todos os outros setores, devem ser estabelecidos adequadamente em cada empresa, pois escolhas inadequadas podem impedir os ajustes e consequentemente, progressos necessários.





Dicas para alcançar um melhor desempenho





Uma dica de grande significado nesse cenário é que os profissionais devem ter iniciativa e um modelo de liderança forte na empresa, pois esse aspecto faz toda a diferença ao considerar que os investimentos são contínuos e exigem comprometimento.





Ainda mais, cada empreendedor deve empregar uma análise minuciosa para identificar quais são os recursos digitais de maior potencial para o seu modelo de negócio.





O que funciona em um empreendimento pode não funcionar para outro, até mesmo em nichos semelhantes, como na fabricação de acessórios para móveis planejados e sob medida.





Isso deve-se ao fato de que pontos variados influenciam na atuação de uma empresa e independente de abranger o mesmo segmento, público-alvo, entre outras semelhanças, os diferenciais são decisivos. Sendo assim, devem ser sempre priorizados na escolha de recursos.





Com as informações relatadas ao longo do texto, se pode observar que a transformação digital no mercado não exige para sua adoção necessariamente as tecnologias mais avançadas, recursos com valores mais altos ou a quantidade de estratégias de marketing digital implantadas. 





Há uma relatividade evidente e é preciso que o empreendedor tenha essa consciência para garantir um crescimento sustentável da corporação em harmonia com as tendências.





Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Entenda a importância da transformação digital
Vote pra esse post

Achou isso interessante? Compartilhe

Lais Bellmax
Por Lais Bellmax
Marketing

Publicitária formanda pela Univali, trabalha há 4 anos na área de comunicação. É focada no marketing das empresas Híbrido, Arpina e demacode_. Além disso também é entusiasta na área branding, moda e produção audiovisual.

COMENTÁRIOS

CERTIFICAÇÕES

E PRÊMIOS

CONECTE-SE

Vamos conversar SOBRE O SEU NEGÓCIO?

Quer ficar antenado no mundo do ecommerce?

Faça parte da nossa base de conhecimento.