5 tendências para o mundo do e-commerce em 2020

5 tendências para o mundo do e-commerce em 2020


As mudanças mercadológicas vêm acontecendo cada vez mais rápidas e têm afetado tanto os consumidores quanto – principalmente – o mercado virtual. Sendo esse mesmo mercado o que sente mais fortemente o impacto das mudanças por estar no centro das inovações de consumo, tomando para si essas alterações quase que de modo automático. Por isso, é importante que o seu negócio esteja atento às tendências do e-commerce mesmo que ainda não esteja presente no mercado virtual. 





Nenhum negócio, mesmo que offline, fica de fora das mudanças que ocorrem no mundo virtual, afinal as campanhas publicitárias realizadas nas redes sociais ou as soluções digitais precisam começar a fazer parte da sua estratégia de vendas também. Portanto, se você tem uma loja física e/ou principalmente virtual, não pode deixar de ler esse artigo que preparamos para você ficar à par das tendências e modificações que a “Era da Informação” traz. 





Vamos lá? Confira agora as 5 tendências para o e-commerce em 2020 e faça seu negócio crescer ainda mais! 





1. Presente mesmo quando não se está presente. 





A navegação mobile é uma das grandes responsáveis pela expansão das vendas online por conta da popularização do smartphone, e esse modo de consumir só tende a crescer. 





Além disso, cada vez mais o consumidor tem buscado por experiências no espaço virtual e também no espaço físico, e por isso, é importante que você e o seu produto estejam disponíveis em diversos canais e de formas diferentes, pois assim o consumidor se aproximará do espaço de compra.  





Hoje é necessário ser omnichannel, seja pelas redes sociais, e-commerce, loja física e afins, proporcionando ao máximo diferentes tipos e possibilidades de experiências de compra e venda.  





2. Assistentes virtuais podem ajudar tanto seus clientes quanto você. 





É cada vez mais presente o anseio por respostas rápidas, por isso, ainda durante 2019 o assunto relacionado sobre assistentes virtuais se expandiu e muito!





O atendimento por chatbots inteligentes precisa ser prático e ágil, e na maioria das vezes esse tipo de tecnologia faz com que o consumidor se aproxime ainda mais da marca por ter a sensação de agilidade e atenção. 





Diversas empresas já comentaram que através da otimização do atendimento pelos chatbots, o fluxo de solicitações repetidas diminuiu consideravelmente. Portanto, apostar em bots de atendimento é uma estratégia válida e vantajosa quando se fala de e-commerce e otimização de tempo.





Mas, se isso ainda não é uma opção para o seu negócio, vale apostar em outras ferramentas como o WhatsApp Business ou o Facebook Para Empresas, que são capazes de agilizar o primeiro contato com o consumidor.  





3. Entrega facilitada. 





Cada vez mais exigentes, os consumidores querem que seus produtos sejam entregues consequentemente cada vez mais rápido. Sendo assim, a outra forte tendência de 2020 para o e-commerce é a otimização da logística de entrega das suas mercadorias. 





Por exemplo, a Amazon já testa robôs autônomos capazes de realizar entregas em localizações de rápido acesso com o objetivo de reduzir os atrasos e os custos do frete. Mas, calma! Há uma outra forma de você aderir a entrega facilitada. 





Ter pontos de retirada da mercadoria é uma forma de otimizar tempo e reduzir custos, além de tornar o produto mais acessível para o consumidor e descomplicar o processo para a sua empresa.  





4. Pesquisa por voz. 





Essa já é uma realidade, mas em 2020 será responsável por pelo menos metade das pesquisas de compra realizadas através da Google.  





Esse comportamento de compra é impulsionado pelos assistentes pessoais, que são capazes de identificar as necessidades do usuário e, através do comando de voz, pesquisar os produtos desejados. 





É importante estar atento e ter uma estratégia válida para atender esse consumidor cada vez mais conectado e “prático”, pois o e-commerce mais beneficiado será aquele que oferece uma espécie de “compra automática”. 





5. E-commerce B2B. 





O comércio eletrônico está longe de ser direcionado apenas para o consumidor final, e muitas empresas utilizam do investimento no e-commerce B2B como forma de aumentar o seu faturamento.





As vendas em e-commerce devem alcançar mais de 6 trilhões de dólares em 2020, segundo uma pesquisa da Frost e Sullivan. Com esses dados já é possível imaginar que pode ser um bom negócio investir no mercado do e-commerce B2B, certo?! 





Mas, você acha que essas tendências para o e-commerce em 2020 são aplicáveis no seu negócio? Planeje ao máximo, assim você investe com segurança e tem garantia de retorno positivo. 





A nossa dica extra é: fique atento ao mercado virtual e a suas mudanças, é fundamental preparar o seu negócio para caminhar ao lado dessas transformações que já estão logo ali.





Quer saber mais? Manda um oi pra gente!


5 tendências para o mundo do e-commerce em 2020
Vote pra esse post

Achou isso interessante? Compartilhe

Lais Bellmax
Por Lais Bellmax
Marketing

Publicitária formanda pela Univali, trabalha há 4 anos na área de comunicação. É focada no marketing das empresas Híbrido, Arpina e demacode_. Além disso também é entusiasta na área branding, moda e produção audiovisual.

COMENTÁRIOS

CERTIFICAÇÕES

E PRÊMIOS

CONECTE-SE

Vamos conversar SOBRE O SEU NEGÓCIO?

Quer ficar antenado no mundo do ecommerce?

Faça parte da nossa base de conhecimento.